AMURC comemora mais um passo para a concretização do Curso de Medicina em Curitibanos

" "

AMURC comemora mais um passo para a concretização do Curso de Medicina em Curitibanos

14/08/2015 - 11:50:00

A divulgação da Portaria Interministerial 313 de 04 de Agosto, sedimentou, através do Diário Oficial da União, uma das maiores conquistas da Região da Amurc nos últimos anos. Uma luta continuada de mais de 2 anos assegurou um grande passo à implantação do Curso de Medicina em Curitibanos através da garantia, pelo governo federal, de 20 vagas de professor para o início do curso no Campus da UFSC em Curitibanos. A região comemora e se prepara para novas tarefas.

A prefeita de São Cristovão do Sul, Sisi Blind, ex-presidentada da AMURC e articuladora inicial das audiências públicas regionais e das tratativas junto aos órgãos federais e parlamentares catarinenses, se emociona com o avanço. "Assim como a própria instalação do campus da UFSC, os últimos dois anos foram de muita negociação, tratativas continuadas, diálogo e muita persistência. Nesta tarefa, a AMURC, os municípios, as lideranças e as entidades foram muito importantes e é preciso destacar o papel da Reitora da UFSC Rosane Neckel e do Deputado Federal Pedro Uczai. Todos lutamos incansavelmente e demonstramos, mais uma vez, que nossa região unida é muito poderosa", conclui ela.

O presidente da AMURC e Prefeito de Curitibanos, José Antonio Guidi, atualmente responsável pela coordenação política da implantação do Curso de Medicina, comemorou esta vitória de toda região como "fruto de um trabalho incansável e resultado da união de esforços de todos. Curitibanos assumiu compromissos, os prefeitos colaboraram, a participação da SDR e do Governo de Santa Catarina foi importante, as entidades e lideranças demonstraram uma comunidade unida, o que certamente colaborou na consolidação deste processo", ressalta.

Nos últimos meses, a mobilização regional assegurou a cedência, pelo município de Curitibanos, de dois alqueires de terras à UFSC, a disponibilização de área de terras junto ao Hospital Regional Helio Anjos Ortiz, o compartilhamento das instalações do Núcleo Municipal Rotary e a cedência compartilhada do CEDUP por mais dez anos, em acordo indicado por grande número de entidades da região e assegurado formalmente pelo Estado de Santa Catarina.

O secretário Regional Roque Stanguerling, um dos interlocutores do processo de implantação, festejou a agilidade do processo. "Rapidamente, o Estado confirmou o compartilhamento do CEDUP de Curitibanos com a UFSC. O local já é utilizada pelo Campus para aulas práticas em laboratório dos cursos de agronomia, medicina veterinária e engenharia florestal e a cedência do espaço não impedirá o Estado de utilizar as instalações para os cursos técnicos profissionalizantes previstos na finalidade do CEDUP. Estamos todos de parabéns", destacou Roque.

As entidades regionais parceiras deste processo uniram-se à conquista. Amarildo Niles, presidente da Acic assinala a forte presença dos setores produtivos no processo de construção do Curso e destaca os impactos econômicos e sociais que beneficiarão toda a região nos próximos anos. " Estamos transformando a nossa região com estratégia, união e ousadia" , destacou o empresário.

A autorização federal assegura o número de professores necessários ao início do Curso de Medicina e na próxima fase a UFSC deverá lançar o Edital de Concurso Público para a seleção dos professores. Para Curitibanos estão previstas 30 vagas para o primeiro semestre letivo, com início previsto para o primeiro semestre de 2017.

Conforme o presidente da Amurc, ainda há muito trabalho pela frente. "Precisamos assegurar o bom andamento dos desafios inerentes à infraestrutura, os municípios precisam garantir a infraestrutura básica na área de serviços de saúde e a AMURC deverá ocupar-se agora com o debate sobre as condições especiais de acesso dos candidatos da Região do Contestado ao curso. Este é um grande desafio que a Amurc coordenará" 

Texto: Rui Braun